Publicado em política

O PAC e a contra-investida

Parte da mídia começou a alardear que o PAC “empacou”. Eu fico impressionado como sou mais razoável que a imprensa, cheia de pessoas inteligentes.

Sabe-se que o primeiro ano de um projeto, uma parte do tempo é gasto com estudo de viabilidade, licitações, licenças ambientais, etc. É o que aconteceu com o PAC em 2007. É novidade pra alguém?

Reclamam que o Governo não gastou todo o dinheiro empenhado em 2007 nas obras. E era pra gastar à toa? E se eles gastassem tudo só com estudos de viabilidade, licitações e licenças, o que diria a imprensa?

Agora dizem que as obras do PAC podem influir no aumento da inflação. Engraçado, acho que a inflação pode chegar por causa da crise internacional. Será que se a inflação aumentar, eles vão divulgar que foi o PAC?

Todos sabemos que o país sofre com a falta de infra-estrutura. O PAC é para reduzir estes problemas. O governo partiu para enfrentar estes problemas com obras importantes.

É importante aumentar a malha ferroviária para diminuir o trânsito de caminhões nas estradas e melhorar o escoamento da produção. Os camnhões estão na grande maioria dos acidentes. Já vi jornal reclamando que a melhora em algumas estradas aumentaram o número de acidentes. O Lula não tem culpa pela imprudência dos motoristas. O jornal informa isso pra você, cidadão?

É importante a melhora e o aumento do número de portos. Vamos exportar mais.

É importante o investimento no setor energético. Parte da imprensa alardeia que esse investimento sugere que estamos prestes a entrar numa crise energética. Se o Governo não investe reclama, se investe reclama!

Tou cansado de ver a imprensa, os governos federais, estaduais e municipais alertando a população a eliminar os focos da dengue. Ainda assim, ela reaparece a todo ano nos períodos de chuva. Não é evidente que a população não está seguindo as dicas apresentadas? A dengue é muito mais preocupante que a febre amarela. O Governo não precisa aumentar a exposição na mídia para informar isso. É melhor que não faça, senão vão dizer que o Governo gasta mais com propaganda que com saúde!

Leio o Portal da Globo, Veja, Folha, Luiz Nassif, Paulo Henrique Amorim diariamente. Sabe o que vejo em algumas dessas mídias? Frases irônicas, manchetes negativas que escondem um conteúdo interno mais positivo (porque enfim não podem esconder os fatos) e alertas de crises a todo momento.

Num país como o Brasil, onde não alcançamos o pleno desenvolvimento e a redução completa das desigualdades, não devemos estranhar e se surpreender com crises ou outros problemas. O importante é o combate a elas.

O que me chateou recentemente foi como o mídia anunciou as mortes por febre amarela. Tanto é que causou tumulto na população. Pessoas tiveram mais problemas com super dosagem que com a doença propriamente. Então, os jornais mostraram aquelas filas em busca da vacina com se fosse culpa do governo e não deles. A culpa foi toda da imprensa.

Sei que tem pessoas contra e a favor do Governo Lula, mas vamos pelo menos refletir o que lemos na imprensa, por favor.

Powered by ScribeFire.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s