Publicado em blogsfera

O Grande Post do Contra-baixo

Tenho um post que foi tomado como fórum, vejam só! Há muito ele ganhou vida própria, como um filho pródigo do Mosaico Livre.

Anúncios
Publicado em blogsfera, colaboração, open source

A Árvore dos Sonhos

Vivemos num mundo sem fantasias, não é mesmo? Elas são produzidas por mãos humanas, enlatadas e só permanecem dentro de uma TV, um computador ou um livro. Quantas pessoas hoje contam histórias fabulosas sobre dias de outrora? Aqueles dias em que o mágico vinha a nós de surpresa?

Na infância, eu encontrei uma fada, num riacho de chuva de inverno, embaixo de um bueiro de ferrovia. Estava sozinho, sentindo tão plenamente a natureza cheia de vida, que ofuscava meus olhos e meus sentidos, e , ao mesmo tempo, via tudo tão claramente. As cores estavam mais vivas, mais profundas. A luz refletida no orvalho da manhã era pleno de uma energia que eu não compreendia.

Sentei numa pedra úmida e reta. Rabiscava o chão molhado com um graveto e não sei no que pensava naquele momento. Coisas de criança, talvez. Mas então, ouvi um chorinho baixo que vinha do túnel por onde as águas corriam. Era de menina, isso eu logo percebi. O que faz aí? Não tem medo de cobras? Eu estava realmente aflito, ali era um lugar escuro e perigoso. Não era um lugar para meninas. Meninas só andavam pelas calçadas da rua.

– Eu não sou uma menina, sou uma ninfa. A voz doce, pequena e sublime que voou da escuridão, como uma brisa cheirando a chuva, balançou meu coração. Ainda não a tinha visto, mas já sabia que a dona daquela voz era linda. Nenhuma menina na rua que eu conhecia tinha aquela voz. Nem na cidade, podia ter certeza até. Se ela era uma ninfa, eu queria ver.

– Porque está chorando? O que te fizeram?  Perguntei, com o coração apertado.

– Vão destruir meu lar. Amanhã.

– Onde você mora? Saia daí, deve estar bem molhado aí?

Nossa! Quando ela mostrou sua face diante da luz da manhã eu implorei aos anjos que não me tirassem a visão. Que sempre me permitissem acompanhar aquela menina graciosa correndo nos campos de inverno do sertão. Ela estava ali diante de mim com olhos miúdos, castanhos e úmidos, um nariz fino e pequeno refletindo uma inocência tamanha que chegava a ser mágica. Os lábios eram finos, tristes; aos vê-los senti vontade sem tamanho de salvar sua casa.

Era menor que eu, vestia uma blusa de couro sem mangas e uma saia de tecido grosso de algodão. Os pés estavam descalços e pisavam no desenho que fiz ali.

—–

A minha sugestão é que continuem a estória, um pequeno capítulo por vez a cada de um de vocês. Feliz Natal.

Publicado em blogsfera, colaboração

BookCrossing

Não podia deixar de encontrar o BookCrossing na rede. Afinal, sou um fanático leitor de livros. Tenho diversos interesses e minha coleção de livros diz isso por mim.

A idéia do BookCrossing é a dos livros públicos. Você cadastra no site um livro que deseja colocar em algum lugar de acesso público (praças, restaurantes, shoppings, museus, etc.) e depois anota um código (chamado BCID) no livro para que ela possa ser rastreado futuramente, caso a pessoa que o encontrou informe no site e, melhor ainda, volte a soltar o livro em algum lugar.

Fico imaginando quantas coisas novas foram criadas depois do advento da WWW. Quanto mais revolucionária é uma idéia, mais difícil fica prever o desencadeamento futuro da mesma.

Já penso em qual livro vou soltar por aí …

Publicado em blogsfera, política

Senado = Burrice


Obrigado, senadores, por sua burrice além das expectativas. Obrigado, por suas idéias autoritárias e também estúpidas. Sua prática da liberdade só funciona para a imprensa mesmo. Vocês diminuíram meu nível de otimismo em um ponto.

http://samadeu.blogspot.com/2008/06/projeto-no-senado-proibir-redes-abertas.html

http://samadeu.blogspot.com/2008/06/gravissimo-projeto-de-lei-aprovado-em.html

http://samadeu.blogspot.com/2008/06/preciso-derrotar-o-projeto-que-viola.html

Vocês não sabem nada de informática! A mesma coisa anda acontecendo com uns juízes que não se inteiram sobre a área. E imaginar que nós, engenheiros de software, analistas de suporte e afins, temos de aprender Direito.

Estou do lado daqueles que querem privacidade da rede e não ao controle autoritário de uns burros.

Publicado em blogsfera, xadrez

Vishy Anand, garoto-propaganda da AMD

O campeão do mundo, o indiano Vishy Anand, residente na Espanha, foi contratado pela Advanced Micro Devices (AMD) como garoto-propaganda. Esta informação eu peguei num artigo da ChessBase News.

É realmente bastante interessante, vê alguém do xadrez sendo capa de alguma empresa conhecida mundialmente. Isso só acrescenta à minha opinião que o número de torneios cresceram novamente. Os eventos de xadrez parecem ser menos custos de manter que outros, e você consegue produzir campanhas publicitárias atrativas, basta para isso criatividade. O glamour que envolve um torneio de xadrez profissional é um ponto a mais para a cidade e seu turismo. Ter como foco um jogo de raciocínio e inteligência é uma ótima propaganda para as empresas que patrocinam os jogadores e o evento.

Publicado em blogsfera, política

Do blog Vi o Mundo

O trecho abaixo eu retirei do blog Vi o Mundo de Luiz Carlos Azenha:

Mas o importante não é a cara-dura do PIG ou dos leitores
providenciais que escrevem o que a Folha quer na hora e medida certas
para sua nova campanha, agora contra os blogs que fizeram a grande
mídia ter que noticiar o cinismo dos tucanos, que acusaram os petistas
por causa dos cartões apesar de que usam mais esse instrumento do que
eles e, pior, que não prestam contas com a mesma transparência.

O importante – e o que é motivo de júbilo para nós – é que a mídia
sentiu o golpe. Não se chuta cachorro morto nem amarrado, turma.

Eles querem a exclusividade para transmitir informações e opiniões.
Querem escolher quem deve opinar e o que deve ser opinado. Querem impor
limites à opinião de que não gostam e liberar geral aquela de que
gostam. Eles que vão se ferrar. Não conseguirão. Mais uma vez.

Leia o post completo.

Não leiam notícias somente no Jornal Nacional, Folha ou na revista Veja.